26 de fevereiro de 2015

PEDALO PELADO NO TEXTO

Meu  Koan é um sapo que coaxa  haiku
A água parada antes do Fórum me impulsiona
O mar urra a bravura do acaso
Pessoas caminham e também pedalam
Yemanjá dá um olá na ida e na volta
Nu o texto noturno quer dar um pedal
Parece a escrita da fotossíntese da Superação
Butiá iluminado instiga se é bom seu jantar
Na volta barcos silencioso  não respondem
Os poemas que Schneider deixou por aqui.


25 de fevereiro de 2015

O FILÓSOFO SHNEIDER E A VILA PAX



                                                             Um dos livros de Shneider "A palavra do Mestre"

                                           
                                                      Guilherme Ernesto Shneider



Foto da Vila Pax

“A fé é a mais elevada paixão de todos os homens”.


Guilherme Ernesto  Schneider nasceu em Itajaí em 1º de março de 1896.
Viveu em Barra Velha de 1955 a 1966  ano em que faleceu, na época caiu de uma escada ao descer num porão e se acidentou, sua saúde ficou debilitada e acabou falecendo. Segundo Elfrida Reither ele morou em Blumenau, Jaraguá do Sul, Corupá , Joinville e Piçarras antes de morar aqui.
Elfrida ainda diz que ele viajava sempre para a Alemanha onde visitava seus pais e parentes.
Poucos sabem que Schneider  tinha uma influencia de Søren Aabye Kierkegaard, filósofo Dinamarquês que traz o existencialismo e  ainda questiona a liberdade que o indivíduo tem que ter dentro das religiões.
Para Schneider o indivíduo deve ter uma liberdade em sua religião.  Seu pensamento é baseado no Cristianismo, mas ele admite a reencarnação. Apenas questiona os dogmas que as religiões trazem para aprisionar seus fiéis.
Nesse período em que viveu em Barra Velha ele fundou a Vila Pax (Vila da Paz) , onde ele atendia as pessoas, fazia orações para os que o procuravam . Ele era escritor entre seus livros podemos verificar a Cura Verdadeira onde ele traz uma visão que a doença tem suas causas, sendo necessário atingi-las. O corpo tem a capacidade de se auto-curar, nesse sentido seu pensamento bate com o de Meishu-Sama filósofo japonês que instituiu o Johrei (método de criar felicidade) através da imposição das mãos. Este último ainda afirma que os remédios sujam o sangue que é a materialização do espírito, os dois tem a mesma visão que é necessário ir na causa das doenças e não nos seus efeitos. É certo que Guilherme Schneider tenha bebido no Budismo, no Zen, no Xintoísmo, no TAO e no Hinduísmo. Outro livro interessante seu é Das Word des Meister (A palavra do Mestre).
A Vila Pax ficava no centro de Barra Velha entre as ruas Gustavo Koninck e Vitor Breneiser onde fica o depósito do Kath.
É certo que Schneider tenha um largo e vasto potencial para que possamos pesquisa-lo mais.
Seus seguidores hoje se reúnem e estudam o Novo Testamento em reuniões da Bíblia.  

Cássio Amaral.

Professor de História

Autor do livro ENTEN KATSUDATSU entre outros. 

Escreve no blog:    http://cassioamaral.blogspot.com.br/





24 de fevereiro de 2015

ME MANIPULEM QUE EU NÃO GOSTO


1- O zigue zague do H me batem em Z.
2-Preciso correr do Hiato Criativo.
3- Estou cercado de reticências.
4- O silêncio diz tudo que tenho para falar.
5- Quebrei a cara na mão, a contramão é a Poesia que me salva.
6- Se penso logo desisto. Insisto noutra condição, melhor não pensar, melhor agir.
7- Minha Filosofia faz sentido na Lua.
8- Me delete por favor do seu Status Quo.
9- 9X9= 81 vezes erro e repito no erro. Sou passível de crucificação.


O POETA ESTÁ TRISTE

O poeta está triste
Jogado as traças no ostracismo
Vê a ignorância dominar  o mundo
E cisma sem palavras
Sua solidão é só
Sua retidão é nó
Não há palavras
Um risco de desventura é a realidade
Misturada com um caos leviano que brinda o comum
A beleza está posta de lado
A essência surrupiada pelos dinossauros

Sorridentes que desarmonizam  o dia-a-dia

19 de fevereiro de 2015

O PALHAÇO


O palhaço está no circo
Todos riem dele
Ele é a sensação
Todos riem dele
Seu coração está em frangalhos
Sua alma absorta e perdida
Todos riem dele
Suas palhaçadas não fazem mais sentido
Porque todos apenas riem dele
O palhaço está triste por dentro
Quem sabe um poema lhe salvasse
Mas todos riem dele
Um poeta lhe estende a mão
Mas todos riem dele
Sua filosofia não vale nada
Porque o circo
Pegou fogo e virou um círculo de horrores.


18 de fevereiro de 2015

O SONO DO SONHO

sem palavras
in off
prosa e poesia 
dormem a esmo.

17 de fevereiro de 2015

GINGA

chuva celebra
 o samba 
que encerra o dia

13 de fevereiro de 2015

CANINOS


Foto: Robson Corrêa de Araújo

No mundo cão
Os vira-latas
Nunca uivam em vão

Os caninos do poema
Latidos precisos
Versos da matilha

Mordo o rabo da poesia
Sentinela do Devir
Patas caminham a tempo



6 de fevereiro de 2015

FORÇANDO A SITUAÇÃO


1- Foucault finca falácias?
2-Carteira cala cambalhota?
3-Treino traduz técnica? 
4-Só vai sofado só vão?
5-Pra lá e pra cá gritos dançam tcha tcha tcha?
6- Onde está o Filósofo Poeta na Religião?
7-A História me dispensou do Registro?
8-A prova me desaprovou no Pleito?
9- Fagulho faísca fornalha?
10- Falam falantes fórceps?


DESRATIZAÇÃO

Srs Vossas Excelências
deixem
o poder

5 de fevereiro de 2015

PARA MARTIM STRUTZ

pedala sua história
de forma simples
hoje a chuva te recebe. 

3 de fevereiro de 2015

2 de fevereiro de 2015

PROCESSO SELETIVO É SELEÇÃO DE QUÊ?


o não habilitado não habilita o 171 desse sistema falido?
então a nota da prova desaprova  a pós ou ?título?
é mais fácil e viável pagar menos e economizar na folha dos sofesssores?
ser a bosta do cavalo do cocô do cachorro é submissão nessa rede?
quando questionei elas me disseram:
"mas ela passou na sua frente, ela fez mais pontos"
rebati com um:
"não estou entendendo, pois trampo aqui há 3 anos e agora vocês
querem me enganar assim..." não mencionei que passei no concurso
e estou esperando.
não sou político, não sou negociata, não sou bandido
seletivo é seleção de distorção?
barravelhacos são espertalhões que acham que só voo no poema

TÔ DE OLHO NO SENHOR

RESUMO DO PEDAL





9:00 saio da Quinta dos Açorianos
Passo pela matinha,
Fórum,
lagoa,
praia central,
praia do tabuleiro,
muita gente na praia ainda
muitas pessoas na ciclovia.
É preciso desviar delas.
Cássio Amaral.
01/02/2015.